[ editar artigo]

Metas SMART e como elas podem ajudar a potencializar a evolução dos seus alunos

Metas SMART e como elas podem ajudar a potencializar a evolução dos seus alunos

Hoje em dia é de se esperar que todo personal trainer que se preze faça um acompanhamento da evolução dos seus alunos. Quanto a isso não há discussão. A grande pergunta é: como mostrar ao meu aluno que ele realmente está evoluindo?

Para nós personais, é evidente que melhorar o padrão de movimento é um sinal de evolução; que sair menos ofegante no final do treino mostra uma adaptação do nosso aluno; que ir em todas as aulas do mês já é algo que mostra comprometimento.

Mas será que o nosso aluno percebe isso?

Para conseguirmos comunicar essas pequenas conquistas aos nossos clientes, podemos usar as metas SMART.

 

O que são metas SMART?

De maneira bem simples, esse método permite que você elabore metas para o seu aluno que realmente estarão alinhados com o que ele busca e farão o caminho até as conquistas ser ainda mais fácil.

O nome SMART, além de ser uma referência ao termo em inglês que significa inteligente, é um acrônimo para os seguintes 5 elementos base deste método:

  • S: specific (específico).
  • M: measurable (mensurável).
  • A: achievable (alcançável).
  • R: relevant (relevante).
  • T: time based (temporal).

Dessa forma, uma meta só é considerada SMART quando segue os 5 elementos trazidos acima. Caso ela seja apenas relevante e alcançável, mas não tiver um tempo para ser atingida, não podemos classificá-la como tal.

 

Por que usar metas SMART?

Apenas dizer o que significam as letras do acrônimo certamente não fará com que seu cliente goste mais do seu treino. No entanto, uma vez que vocês dois pensam na meta dele a partir dos 5 pilares acima, todo o direcionamento dos treinos pode ficar mais claro para o seu aluno (e até para você!).

Quando usamos o método SMART, nossos alunos conseguem:

  1. Ter certeza qual é o objetivo do ciclo de treino em questão, porque a meta é específica.
  2. Ter certeza se o objetivo foi alcançado ou não, porque ele é mensurável.
  3. Ter certeza que é um objetivo possível, apesar de desafiador, porque ele é alcançável.
  4. Ter certeza de que vale a pena atingir esse objetivo, porque ele é relevante.
  5. Ter certeza até quando a mudança pode ser feita, porque o objetivo é temporal.

Uma vez que esses 5 pontos estiverem claros para o seu cliente, com certeza ele se motivará mais para treinar. Se você notar alguma desmotivação, pode ser que a meta traçada não seja algo tão relevante assim para o seu aluno e tenha que ser revisto. Ou eventualmente não seja possível no tempo que havia sido pensado anteriormente, mas permite ajustes antes que seja tarde demais.

As metas SMART podem não fazer milagre, mas com certeza deixarão o planejamento do treino mais concreto e o aluno ainda mais amarrado no percurso que você traçou para os objetivo dele.

Futuramente trarei um pouco mais sobre cada um dos 5 elementos fundamentais das metas SMART, com exemplos e aplicação focada em metas de alunos de personal. Se você curtiu esse conteúdo e acha que faz sentido eu falar um pouco mais profundamente em outros posts, comenta aqui embaixo para eu saber que vale a pena!

Por hoje era isso. Forte abraço e nos lemos em breve.

 

Danilo Mendonça

Instagram: danilo_ms

 

Imagem retirada do rockcontent.com (esse blog tem um texto bem completo sobre metas SMART; para quem se interessar pelo método, pode ser uma boa leitura).

Esporte & Movimento
Danilo Mendonça
Danilo Mendonça Seguir

Pessoas e atividade física são a minha paixão

Ler conteúdo completo
Indicados para você