[ editar artigo]

O que você tem feito para que seus alunos pratiquem exercício físico por mais tempo?

O que você tem feito para que seus alunos pratiquem exercício físico por mais tempo?

O mercado fitness está em expansão no Brasil.

Em 2019, esse mercado alcançou a marca de US$2,1 bilhões de faturamento em terras tupiniquins e levou a nação ao posto de segundo país com mais academias no mundo, totalizando 35 mil unidades oficiais e ficando atrás apenas dos EUA, que conta com 40 mil delas. Além disso, o Brasil é o quarto país em quantidade de clientes de academias no mundo (9,6 milhões) e perde apenas para EUA, Alemanha e Reino Unido.

Leia também: Carreira na Educação Física, onde ir?

Porém, uma ressalva a ser feita é que, apesar do grande número quantitativo de academias e de seus frequentadores no país, o número relativo de praticantes é baixo, uma vez que esse número representa algo em torno de 5% da população brasileira. Contudo, isso são boas novas, pois indica também o potencial que esse mercado tem para crescer ainda mais em território brasileiro.

Nesse contexto, muitos têm procurado as academias, os personal trainers e outras formas de iniciar uma prática regular de exercícios físicos e, pelo menos no começo do processo, aparentam grande motivação, não perdem um treino sequer, começam uma dieta e dizem “agora vai”. Mas quanto tempo dura todo esse entusiasmo?

Apesar do crescimento do mercado fitness nos anos recentes, algumas pesquisas mostram que 64% dos alunos abandonam ou interrompem o programa de exercícios a partir do terceiro mês e que apenas 3,7% permanecem por mais de 12 meses, o que está longe de ser uma taxa de retenção satisfatória.

Isso talvez mostre um pouco do apelo estético e do imediatismo que permeia nossa sociedade atualmente. Se peço comida pelo aplicativo, não quero que demore mais que 30 minutos. Se abro o Instagram, não assisto até o final a maioria dos vídeos “longos” (por “longos”, lê-se “com mais de 1 minuto”). Se algo importante acontece no mundo, quero saber sobre em questão de minutos, mesmo que a qualidade da informação não seja a melhor.

Leia também: Atividade física para crianças e adolescentes em tempos de pandemia

Da mesma forma, se vou à academia, assim que termino uma série de exercícios, já me olho no espelho para ver se algo mudou. Se começo um programa de exercícios, exijo resultados rápidos e principalmente estéticos, visíveis e notórios. E se esse programa não atende às minhas expectativas ou não me motiva no terceiro mês como fazia no começo, opto por abandoná-lo e satisfazer-me com prazeres mais momentâneos e fugazes, rendendo-me à desculpa de que “minha rotina é muito corrida e não tenho tempo para me exercitar”.

Nesse sentido, parece-me que a necessidade do imediatismo atual aliado à visão a curto prazo faz com que prazeres momentâneos - como pedir uma pizza ou assistir uma série - sejam priorizados em detrimento de “prazeres crônicos” - como cuidar da saúde por meio de exercícios físicos.

É óbvio que ter prazeres momentâneos não é algo ruim, mas que deve ser equilibrado com o cultivo de uma mentalidade a longo prazo em todas as áreas da vida de um indivíduo: finanças, relacionamentos, carreira e, obviamente, a saúde. E é aí que entra o profissional de educação física.

É nosso papel influenciar positivamente nossos alunos a terem uma mentalidade de longo prazo quanto à saúde, uma vez que os dados têm mostrado que a demanda pela adoção de uma rotina de exercícios regulares existe, mas que muitas vezes ela morre na praia pelas desistências precoces.

Assim, cabe a nós termos consciência do cenário e investirmos tempo e paciência em nossos alunos para contribuir de alguma forma com a criação de uma mentalidade a longo prazo quanto ao exercício físico, a fim de que o mercado fitness cresça de forma sustentável e que, acima de tudo, a população brasileira seja de fato mais saudável.

E aí, já parou para pensar sobre o assunto?  Conta para mim o que você tem feito para que seus alunos permaneçam por mais tempo praticando atividade física!

Referências: 


Thiago Augusto Primon Girardi

Instagram: @thiprimon

LinkedIn: Thiago Augusto Primon Girardi

Esporte & Movimento
Thiago Augusto Primon Girardi
Thiago Augusto Primon Girardi Seguir

O esporte é a melhor forma de unir pessoas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você